quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Logo de manhã

Paro num sinal vermelho. Ou encarnado, como queiram. Lá à frente, na passadeira, há malabares pelo ar. É um rapaz de rastas compridas e olhos claros, com um enorme sorriso.

Hoje não está o acordeonista, nem a mulher que costuma mostrar um coto de braço aleijado.

O sinal muda para verde. O malabarista afasta-se sem pedir nada a ninguém. Os carros seguem com caras sorridentes, supresas, lá dentro.

P.S. ou whatever: A procurar no Google uma imagem para aqui, encontrei isto. Afinal, esta história é também um exemplo da globalização...

3 comentários:

pierrebarth disse...

Olá Maria.
Vivi aí em Portugal por dois anos e amo este país como se fosse minha terra.Estive revendo Portugal no meio deste ano e postei algumas coisas a respeito. Gostaria que vc as lesse e comentasse.abcs Pierre http://pierrebarth.wordpress.com/2009/06/28/o-alvor-ou-o-crepusculo/

Anónimo disse...

禮服酒店 酒店上班
打工兼差 台北酒店 酒店
酒店兼差 酒店打工 酒店經紀 酒店工作 酒店PT 酒店兼職
酒店喝酒 酒店消費

Anónimo disse...

酒店經紀 酒店打工 酒店工作 酒店上班 酒店兼差 酒店兼職 打工兼差 打工兼職 台北酒店 酒店應徵 禮服酒店 酒店 經紀 打工 兼差